sexta-feira, maio 20, 2005

Neura

Já não escrevo há alguns dias, não sei se por preguiça se por neutra!
No trabalho o ambiente anda estranho melancólico e talvez apreensivo!
Em casa as crianças andam agitadas, com tanta festa, tantas solicitações! E eu sem grande paciência.
Acho melhor por um ponto final na semana e partir de fim-de-semana, tal como os meus colegas de trabalho que vão todos desanuviar pressões para os lados da Ria de Aveiro!
Hoje vou começar com um jantar lá em casa para 10 pessoas, todas bem dispostas e com imensa vontade de se divertirem! Tudo serve para rir e esquecer a vida real, essa só volta segunda-feira lá para às 9.30 (embora o nervoso miudinho comece no domingo, depois da missa).

terça-feira, maio 17, 2005

Parolice

Mas afinal o que é ser parolo?
Não pensem que é fácil dar uma definição de parolo, pois tal como de “génio e de louco”todos temos um pouco!
Ser parolo é não ter referências, é não saber qual o comportamento certo em diferentes situações, é não ser educado…é não ter mundo!
Agora imaginem um parolo com dinheiro é o pior que pode existir, acha que pode ter acesso a tudo, e tem, mas não percebe o que vê! Lê e julga com os seus códigos, logo nada pode dar certo.
Veste o que encontra de mais caro (pois acha, que por esse preço, só pode ser bom) veste e compra aquilo que julga que os outros gostavam mas não podem, no fundo é criador de invejas!
Compra tudo o que não precisa só para também ter e sentir que os outros vão cobiça-lo!
Vive em função do que os outros vão achar dele pois precisa de ser aceite e invejado!
Mas não pensem que o parolo é aquele que se despede com (tudo de bonhe para ti) por vezes é muito camuflado e não percebemos logo à primeira que é um verdadeiro parolo.
Às vezes até pode ter berço mas a conduta de vida pode modifica-lo e também pode não ter assimilado o que devia…no berço!
Atenção aos pais com filhos pequenos! Não criem parolos, passem valores aos vossos filhos, não lhes dêem tudo, apenas educação, civismo e preocupação com o próximo!

segunda-feira, maio 16, 2005

Amigos

Dizem que quando o sol nasce é para todos, mas realmente não é! Pela mesma razão, que quando, nós, nascemos não somos para todos.
Só somos para alguns, aqueles que achamos os melhores, aqueles por quem fazemos tudo! – Os nossos amigos.
Os nossos amigos podem ser da família ou não, há família muito próxima que não consideramos amiga! (uma irmã avarenta, um pai ébrio, um filho de carácter duvidoso etc) Mas mesmo esses, só, nós podemos dizer mal ! Pois são sangue do sangue.
Mas dos nossos amigos nós até podemos dizer umas “graças” e rir das graças que dizemos, mas ai de quem nos vier dizer “graças” à cerca deles, ainda que sejam as mesmas….

Só nós temos direitos sobre os nossos amigos, e quando já não tivermos esse direito, é porque eles já não são nossos amigos!

Afinidade

“Tudo vale a pena quando a Alma não é pequena”
Tal como Fernando Pessoa uma Tia por quem eu tenho a maior consideração, citou esta frase!
Se Fernando Pessoa a escreveu e deu o sentido que eu penso, não sei, mas o sentido que a Tia que referi, queria dar, é de certeza o mesmo do que o meu!
Pois tudo é muito subjectivo, mas quando as pessoas pensam da mesma maneira tudo se torna óbvio, e basta um olhar ou metade de uma frase para que a outra pessoa imediatamente capte a mensagem na sua totalidade.
Ao que eu acabei de referir chama-se afinidade, partilha do mesmo Mundo daí que a Alma gémea é procurada pois _é uma Alma que tem que perceber a outra só com um olhar!
E o Mundo não é mais do que um conjunto de Almas, a terem que viver e relacionar-se umas com as outras, ora cá está a explicação de tanto desacato_ nem todas as Almas pensam da mesma forma e sobretudo não têm o mesmo tamanho!

sexta-feira, maio 13, 2005

A Alma

Alma é uma coisa que todos os têm, já nasce connosco (pois somos filhos de Deus), mas o seu tamanho varia consoante a utilização que lhe é dada.
Algumas teorias dizem que a alma não se vê mas está junto ao coração, outras dizem que está na cabeça e ainda há quem diga que está perto da boca!
Há quem tenha uma Alma grande o que significa que o seu dono lhe dá muito uso, e há quem a tenha, tão mirrada, que quase parece um animal (ser irracional).
Ora, aqui está mais uma definição de Alma - é algo que distingue o ser racional do irracional.
A diferença entre as pessoas não está na cor dos olhos, na cor da pele ou do cabelo mas sim no tamanho da Alma.
Logo há gente bonita (com) e gente feia (sem), (quem nunca ouviu a frase “ a cara é o espelho da Alma”?)

O que é certo, é que só a Alma vai para o céu, por isso alimentem-na bem, ela é a ETERNIDADE!